20/04/2009 | por

Caixa muda regras do Construcard FGTS

A Caixa Econômica Federal adotou novas regras para a compra de material de construção por meio do Construcard FGTS, que utiliza recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. A linha de crédito destinada à compra de material de construção em geral, incluindo armários embutidos e aquecedores solares. Além de ampliar o prazo de… Ver artigo

Compartilhe

A Caixa Econômica Federal adotou novas regras para a compra de material de construção por meio do Construcard FGTS, que utiliza recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. A linha de crédito destinada à compra de material de construção em geral, incluindo armários embutidos e aquecedores solares. Além de ampliar o prazo de pagamento de 96 para 120 meses, a partir de agora a instituição vai dispensar a garantia de fiança/aval e reduzir em 45% a taxa de risco de crédito, que era 0,4712% e passou para 0,2592% ao mês aplicado sobre o financiamento.
O intuito da instituição é aumentar a atratividade da linha, racionalizar os procedimentos e aumentar o número de contratações. A contratação do Construcard FGTS é simplificada e permite a inclusão de até 15% dos custos de mão-de-obra no valor financiado. Atualmente, a renda máxima para esta modalidade é de R$ 1.900. Quem possui rendimento superior a esta faixa pode contratar o Construcard CAIXA, com recursos do banco, cujo valor mínimo a ser financiado é de R$ 1.000. As novidades na linha com recursos do FGTS já estão disponíveis em todas as unidades.
As compras pelo sistema devem ser efetuadas por meio do cartão de débito Construcard FGTS – para obtê-lo, é preciso abrir uma conta corrente no banco. Atualmente, são mais de 40 mil estabelecimentos comerciais credenciados pela CAIXA. Para verificar que lojas em sua cidade são conveniadas, acesse o site da instituição, clicando aqui (o formulário está ao lado direito da página),

construcard

ou ligue para o atendimento do banco: 0800-7260505 ou 3878-2000 (para localidades com DDD 11). Desde novembro passado, o limite de financiamento passou de R$ 7 mil para até R$ 25 mil. A taxa de juros varia entre 5% e 7,16% ao ano, de acordo com a renda familiar do tomador. Desde sua criação, em 1997, a linha já financiou R$ 5,9 bilhões e beneficiou aproximadamente 1,07 milhão de famílias. Em 2009 a meta de contratação para compra de material de construção com recursos do FGTS é de R$ 1 bilhão.

329 COMENTÁRIOS

Páginas [33] 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 … 1 » Show All

  • Enviado por Ana

    Em 1 de abril de 2014

    Gostaria que me enviasse a lista de lojas conveniadas ao construcard em Vinhedo e Valinhos.

    Obrigada.

  • Enviado por Claudete soares

    Em 28 de janeiro de 2014

    Ola.
    Meu fgts é aproximadamente de R$7,000 mil gostaria de saber mais explicações de como posso proceder p a compra de material para reforma de minha casa.
    Claudete Soares.

  • Enviado por Monica oliveira

    Em 21 de janeiro de 2014

    gostaria de saber lojas conveniadas com o cartão construcard em Artur Nogueira SP

  • Enviado por maryane Perez

    Em 18 de dezembro de 2013

    O microempreendedor (mei) tem direito ao constrocard da caixa

  • Enviado por fabio

    Em 15 de dezembro de 2013

    ja assinei o contrato do construcard ha mais de 15 dias e nao consigo compar os materiais consta cartao nao localizado.

  • Enviado por marlon henrique de almeida santos

    Em 29 de setembro de 2013

    Eu queria saber se eu posso usar meu fgts retido para construcard mesmo com o nome no SpC!!!!!!

  • Enviado por Gabriele Laurindo

    Em 24 de setembro de 2013

    OLA, POR FAVOR GOSTARIA DE SABER SE TAMBEM CONSIGO CONTRATAR MAO DE OBRA ATRAVES DO CONSTRUCARD. AQUI EM ARARAQUARA OBRIGADO FICO AGUARDO.

    GABRIELE LAURINDO

  • Enviado por Debora

    Em 13 de setembro de 2013

    Comprei uma unidade do Flex Carapicuiba e venho através desta comunicar a todos que nas próximas semana estarei ingressando com uma ação contra esta empresa na qual infelizmente eu e muitos consumidores fizemos negócio, empresa que somente visa lucrar e falta com total desrespeito com o sonho de muitos que fizeram negocio com ela.
    Vou tentar contato com a imprensa para que o problema seja divulgado de forma mais ampla e abrangente, pois o que estamos passando não desejo a ninguém. É um absurdo a obra estar atrasada mais de 1 ano na fase flex 1 e não ter operários trabalhando em ritmo acelerado para que seja entregue o mais rápido possível. Recebi uma notificação da Tecnisa que a pré data para entrega dos apartamentos será em dezembro de 2013.
    Eu espero que além desta ” multinha de meio porcento (0,5%)” por atraso na entrega da obra, eu consiga receber o aluguel que estou pagando, o dano moral que estou passando com esta situação e tudo o que me for de direito. Também gostaria de deixar uma mensagem para os responsáveis pela Tecnisa, sócios, diretores, etc… Que antes de lançar um novo empreendimento, honrrem com os empreendimentos que estão pendentes de reparos e principalmente os que estão com as OBRAS ATRASADAS!!!! Pois só assim vocês voltarão a ter credibilidade junto aos consumidores ( se é que alguém ainda vá querer fazer negócio com vocês ).

  • Enviado por Alexandra Aparecida Ribeiro Gonçalves

    Em 10 de setembro de 2013

    Por favor gostaria de receber a lista de lojas que aceitam construcard em ITAPIRA S.P

Páginas [33] 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 … 1 » Show All

FAÇA SEU COMENTÁRIO

  1. 7 + = oito